Google+ Followers

sábado, 21 de abril de 2012

PRESIDENTE DO GRUPO ABRIL VAI À BRASÍLIA TENTAR BLINDAR ROBERTO CIVITA

abril 20, 2012

ROBERTO CIVITA

Circulou ontem pela capital federal o presidente do grupo Abril, Fábio Barbosa. Sua missão é espinhosa: evitar que a CPI sobre Carlinhos Cachoeira convoque Roberto Cívita. Na editora responsável pela revista Veja teme-se que ele sofra uma humilhação semelhante à de Rupert Murdoch

Com a CPI sacramentada e instalada nesta manhã pelo Congresso Nacional, começam a circular os lobbies políticos, empresariais e midiáticos. Ontem, quem foi visto circulando em Brasília foi o executivo Fábio Barbosa, ex-presidente do Santander e atualmente presidente do grupo Abril, que publica Veja. Bem relacionado em todos os partidos, por ter sido também presidente da poderosa Febraban, Fábio Barbosa foi a Brasília com uma missão delicada: convencer lideranças do Congresso Nacional a evitar a convocação, pela CPI, do empresário Roberto Civita, presidente do grupo Abril.

A tarefa é muito difícil. Primeiro, porque são fortes as ligações entre a revista Veja e o esquema do contraventor Carlos Cachoeira. Além das 200 ligações entre o bicheiro e o jornalistaPolicarpo Júnior, várias reportagens publicadas pela revista apontam um nexo entre os grampos ilegais do bicheiro e os furos de reportagem da publicação. Segundo, porque Civita acumulou inimigos poderosos nos últimos anos. Além do ex-presidente Lula, que fará de tudo para que o magnata da mídia seja convocado, o senador Renan Calheiros, que terá papel importante na comissão, foi personagem de várias capas seguidas da publicação em 2007 e 2008. Veja trabalhou por sua cassação.

Na Abril, teme-se que Roberto Civita sofra humilhação semelhante à do australiano Rupert Murdoch, que, no ano passado, teve de prestar informações diante do parlamento inglês, em razão dos grampos publicados pelo jornal News of the World, que acabou sendo fechado. Na semana passada, uma ala do comando da Abril defendia o afastamento do jornalista Policarpo Júnior, como forma de estancar os danos e evitar a convocação de Civita. No entanto, Veja decidiu partir para o ataque e, em sua última edição, denunciou uma suposta tentativa do governo de amordaçar e calar a imprensa livre no Brasil.

#vejabandida

Na mesma reportagem de capa, Veja defendeu ainda que jornalistas se relacionem com bandidos para que possam ter acesso a informações de interesse público. Esta posição foi contestada pelo jornalista Janio de Freitas dois dias atrás e hoje defendida pelo professor Eugenio Bucci, que é amigo de Roberto Civita e consultor eventual da Abril.

A situação é tão grave que ontem o assunto mais comentado no Twitter em todo o mundo dizia respeito à hashtag #vejabandida. O tema é popular. Por isso mesmo, dificilmente os parlamentares recuarão no pedido pela convocação de Roberto Civita. Até mesmo porque será inevitável apurar a ligação da revista Veja com grampos de Cachoeira, como os recentes filmes do Hotel Naoum.

Além disso, o ex-presidente Lula já deu o recado. A CPI terá que ser feita “doa a quem doer”.

 

solaman kb adicionou você ao Google+


Para seguir e compartilhar com solaman, adicione-o a um círculo.

Não conhece esta pessoa? Você não precisa adicioná-la também. Ela visualiza apenas o que você posta publicamente. Saiba mais.

Adicionar aos círculos

Pessoas que você talvez conheça nos círculos de solaman kb. Ver tudo »

Scott Kelby

Photographer, author of "The Digital Photography Book" series & longtime Photoshop book author. Editor/Publisher of Photoshop User magazine, President of the National Assn. of Photoshop Professionals (NAPP) co-host of the live weekly photography talk show "The Grid." Co-host of "Photoshop User TV" and Conference Technical Chair of the Photoshop World Conference & Expo. Sleep is over-rated. ;-)

Adicionar aos círculos

Dave Beckerman

BeckermanPhoto.com

Adicionar aos círculos

Jay Patel

Nature & Landscape Photographer

Adicionar aos círculos

Escolha o tipo de e-mail que o Google+ envia para você. Veja o perfil de solaman ou bloqueie solaman completamente.

Brasil 247

VEJA E CACHOEIRA: ENTENDA AS RELAÇÕES DA REVISTA COM O CRIME ORGANIZADO

abril 20, 2012

A operação Monte Carlo, recentemente realizada pela Polícia Federal, foi responsável por trazer à tona evidências consistentes sobre como a revista Veja conseguiu organizar nos últimos anos um modus operandi eficiente, mas nada ético, que lhe rendeu uma série de furos jornalísticos.

Duzentas ligações telefônicas, legalmente gravadas pela PF, mostram uma relação tortuosa, baseada em interesses de cunho político, econômico e editorial, entre o editor-chefe e diretor da sucursal de Brasília da Veja, Policarpo Junior – com a suposta anuência de Roberto Civita, dono da publicação e presidente do grupo Abril – e o contraventor Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso em fevereiro deste ano sob a acusação de chefiar uma quadrilha de exploração de jogos com máquinas caça-níqueis no estado de Goiás.

Mirando o PT e os partidos aliados, a publicação sempre foi ferrenha opositora à chefia do governo federal e revelou casos e mais casos de corrupção, incluindo o esquema conhecido como “Mensalão”. Nem todos, diga-se de passagem, foram baseados em provas contundentes, mas reverberam no mundo jornalístico e tiveram um forte apelo eleitoral entre setores da classe média brasileira, leitora do semanário.

A Operação Monte Carlo, para além de elucidar a proximidade do senador Demóstenes Torres, trouxe também outras indagações, jogando luz a outros atores de Brasília. Indicam que por trás de diversos furos da revista Veja está o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Relação antiga

O contraventor teve notabilidade por encomendar a gravação em que aparece pagando propina a Waldomiro Diniz em 2002, quando este era presidente da Loterj, estatal de loterias do estado do Rio de Janeiro. Waldomiro era subchefe de gabinete da Casa Civil em 2004, quando a negociata veio à tona, e respondia pela acusação de propiciar vantagens na renovação de contrato entre a Caixa Econômica Federal e a transnacional de processamentos de loteria Gtech.

Auxiliado por braços-direitos como o ex-funcionário da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Jairo Martins, Cachoeira prestava uma ajuda fundamental a Veja, ao solicitar gravações que comprometiam adversários e repassá-las para Policarpo com exclusividade. “A gente tem que trabalhar com ele [o Policarpo] em grupo. Porque os grandes furos do Policarpo fomos nós que demos, rapaz”, revela o próprio bicheiro durante uma conversa com Jairo gravada pela Polícia Federal.

“Policarpo mantinha uma relação promíscua com Cachoeira, uma fonte claramente não confiável, interessada em usar a revista para os seus interesses pessoais”, analisa o especialista em mídia e professor de Jornalismo da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, Laurindo Leal Filho. “Essa relação permitia benefícios dos dois lados: de um lado, Cachoeira querendo através da Veja atacar os seus inimigos. Do outro, a revista, por meio dele, atacava setores do governo do qual fazia oposição”, complementa.

Demóstenes

Um forte interlocutor entre os dois grupos era o senador Demóstenes Torres (ex-DEM/GO, atualmente sem partido) que, conforme revelou a PF, mantinha relações próximas com Cachoeira, e é acusado de usar o mandato para favorecer os interesses do bicheiro. Demóstenes, que ficou conhecido como um defensor da moral na política e foi o relator do projeto de lei Ficha Limpa, era fonte importante semanário.

Desde que os conteúdos das gravações foram divulgados e revelado o esquema de vantagens de Cachoeira com Demóstenes e o governo de Goiás, a revista Veja dedicou poucas linhas para tratar do assunto, em clara contraposição ao posicionamento adotado em outros casos de corrupção. Nas últimas seis edições da revista, nenhuma capa tratou do tema. Assuntos como o mistério do Santo Sudário, jovens inovadores do mercado e as leis da atração amorosa, por exemplo, foram considerados mais importantes.

Para o deputado federal Chico Alencar (Psol/RJ), uma CPI no Congresso Nacional que investigue as relações entre mídia e poder pode ser muito pedagógica à população. “O Demóstenes era uma grande fonte da mídia, ele foi preservado até quando foi possível. O próprio Cachoeira conhecia muito bem esse mundo da política, engabelava com uns, negociava com outros, e informava terceiros. Então ele era também uma fonte importante de uma imprensa que jogava com as notícias de acordo com o seu interesse. Uma CPI pode desvendar todas essas relações e como há vínculos entre a política dominante e mídia dominante”, afirma Alencar. O partido dele já protocolou um pedido de abertura de processo no Conselho de Ética do Senado para investigar a possível quebra de decoro parlamentar pelo senador Demóstenes.

Encomenda

A relação entre Policarpo e Cachoeira data de pelo menos 2004, quando o contraventor era investigado pela prática do jogo ilegal pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, por meio de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito). Na época, Policarpo assinou a matéria Sujeira para todo lado, em que repercutia a proposta de compra de votos de parlamentares da CPI por meio de propinas oferecidas por auxiliares de Cachoeira. Detalhe importante é que as gravações das propostas foram feitas pelos próprios auxiliares do bicheiro e entregues à revista. Serviram fundamentalmente para desmoralizar a investigação.

Em 2005, Jairo foi responsável por entregar a Policarpo a fita que mostrava o então diretor da ECT (Empresa de Correios e Telégrafos), Maurício Marinho, recebendo uma propina de R$ 3 mil e cujo fato foi o primeiro do escândalo Mensalão. Segundo o jornalista Luis Nassif, a ação foi encomendada pelo lobbista Arthur Wascheck, apresentado a Jairo por Cachoeira.

Com a queda de Marinho, Wascheck assumiu o controle da corrupção nos Correios. A máfia foi responsável por fraudes que resultaram no desvio de dezenas de milhões de reais e foi desvelada a partir da Operação Selo da Polícia Federal em 2007. Cinco pessoas foram presas: os funcionários dos Correios, Sérgio Dias e Luiz Carlos de Oliveira Garritano, e os empresários Antônio Félix Teixeira, Marco Antônio Bulhões e Arthur Wascheck, considerado o líder do esquema.

Em entrevista dada ao jornal Correio Braziliense, o delegado Daniel França, que fazia parte do grupo de investigação, resumiu assim o esquema de corrupção mantido nos Correios: “Havia uma quadrilha na ECT, que foi desbaratada e afastada. A outra organização tomou o lugar dela. Assim como os traficantes fazem, quando saem, morrem ou são presos, acontece a mesma coisa no serviço público. Quando uma quadrilha sai, entra outra e começa a praticar atos ilícitos”.

Parceria

Sobretudo no caso de agora o posicionamento da Veja chamou a atenção para uma questão fundamental no que se refere ao exercício do jornalismo: o padrão do relacionamento entre o jornalista e sua fonte. O próprio Cachoeira avaliou a relação mantida com Policarpo como uma troca de interesses. Na mesma conversa com Jairo ele diz: “O Policarpo não faz favor pra ninguém e muito menos pra você. Não se iluda, não. (…) Com ele tem que ser uma troca. Não pode dar as coisas pra ele, igual você sai correndo pra fazer um favor pra ele, pega e dá de graça (…) E eu também não trabalho pro Policarpo. Eu já ajudei ele demais da conta. Entendeu? Demais da conta! Então, quando eu falo pra você é porque tem que trabalhar em grupo. Tudo o que for, se ele pedir alguma informação, você tem que passar pra mim as informações, uai”.

De acordo com o professor Laurindo Leal, não há nessa relação um compromisso primordial com o interesse público, como deveria ser. “A Veja não tem muito escrúpulo de buscar qualquer tipo de fonte que se alinhe ao objetivo dela, há uma linha editorial que vai buscar em evidências frágeis informações que sustentem essa linha política”, avalia.

O jornalista da revista Carta Capital Leandro Fortes também critica o posicionamento da Veja na relação mantida com Carlos Cachoeira e nos furos que deu. “Uma coisa é pegar grampo da PF e divulgar. Outra coisa é você utilizar produto de um crime, que é grampo ilegal feito por arapongas clandestinos, que é o caso do esquema do Cachoeira. Há um descolamento da ética na imprensa, virou um vale-tudo”, destaca.

Por uma situação inescrupulosa entre jornalista e fonte, o centenário tablóide inglês News of the World, de Rupert Murdoch, foi fechado no ano passado depois de ser revelada uma associação direta entre jornalistas e a polícia investigativa da Inglaterra – a Scotland Yard, que dava informações exclusivas ao periódico em troca de dinheiro. No caso brasileiro, segundo Laurindo Leal, a concentração dos meios de comunicação e a falta de órgãos reguladores são entraves para que uma investigação mais séria nesse sentido possa acontecer.

Aline Scarso, para o jornal Brasil de Fato

facebook

Stéfano Diniz Rocha

Stéfano Diniz Rocha compartilhou a foto de Engenharia Depressão.

Fotos do mural


Você está recebendo este e-mail porque listou Stéfano Diniz Rocha como um amigo próximo. Alterar notificações de melhores amigos.

Visualizar publicação

EUROPA EM TRANSE – O VELHO CONTINENTE ESTÁ CANSADO

abril 20, 2012

UM CATEDRÁTICO FINLANDÊS DISSE QUE NÃO HÁ REMÉDIO PARA O FUTURO DA EUROPA. “SE EXISTISSE, OS LÍDERES DA UNIÃO JÁ O TERIAM RECEITADO. NÃO TEMOS A CURA PARA ESSAS BACTÉRIAS MULTI RESISTENTES, NEM PARA A PREPOTÊNCIA HUMANA”.

20 de Abril de 2012

Por Anne Palmers, de Gotemburgo, Suécia

Com uma reverência elegante, digna de uma grande atriz, a União Europeia se recolhe para tratar de seus males. Seus jovens emigram para outros continentes para ganhar experiência e dinheiro – apesar de serem indispensáveis a seus países de origem como contribuintes que possibilitarão o pagamento das aposentadorias de seus pais. A opinião geral é que mais vale tentar a sorte lá fora do que sair às ruas das suas cidades em manifestações de revolta e protesto.

Mil e oitocentos suecos emigraram para a China em 2011. Este é um número impressionante, levando-se em conta que o total de habitantes da Suécia é igual ao da população de São Paulo, 11 milhões. Estima-se que o exílio de europeus aumentará nos próximos anos a cifras vertiginosas. Um milhão de gregos já vive fora do seu país. Só a Austrália recebeu cerca de 300 mil deles. Milhares de portugueses vão para Angola, e espanhóis para a Argentina.

A mão de obra parada na União Europeia soma agora cerca de 16,9 milhões de trabalhadores. Destes, 2,7 milhões são britânicos, 24% dos quais são jovens com idade entre 16 e 24 anos. A Espanha tem 20% da sua população de 50 milhões sem salário regular. A média de inativos no continente aumentou 8%.

Em comparação com as 30 milhões de crianças trabalhando em regime de escravidão no resto do mundo, os 500 milhões de moradores da Europa são afortunados, vivendo num território sem aparentes sinais de conflitos bélicos. No total, a pobreza global diminuiu, e a carteira europeia permanece gorda como estava no ano passado. Mas, pela primeira vez em décadas, o “shopping” como estilo de vida não está na moda. Existem sinais bem visíveis de mudanças radicais no comércio. Ele não aumenta mais que 2,5% ao ano, quando até há pouco a média anual era de 7%.

O Velho Continente está cansado. Sua história de guerras, perseguições e intolerâncias e sua infinidade de dirigentes incompetentes já pesam mais na balança do que suas magníficas obras de arte, sua arquitetura e seus inventos fantásticos tais como o avião, o cinema, a imprensa, os antibióticos, os explosivos e os semáforos automáticos.

“Arregacem as mangas!” ecoa o grito de guerra dos membros mais estáveis da União, Alemanha e França, com o suporte dos países escandinavos. Diante dessa proposta os povos mediterrâneos – que se sentem aprisionados num mundo político que não corresponde a seu modelo de vida – contestam em tons ácidos: “Não usamos camisas com manga”.

Em conferência recente, um catedrático finlandês pintava o futuro da Europa com cores bem escuras. No final, o panorama apresentado parecia tão desolador que seu público lhe pediu um remédio. “Não existe”, respondeu o professor. “Se existisse, os líderes da União já o teriam receitado. Não temos a cura para essas bactérias multi resistentes, nem para a prepotência humana”.

Esse estudioso estimava que os povos europeus sofrem hoje um severo choque com a perda de sua posição de modelo das finanças públicas democráticas. Pedem a volta dos mordomos do regime comunista que fugiram para Pequim levando consigo as melhores invenções e marcas produzidas no continente, bem como os seus lençóis de seda pura e os códigos de suas contas secretas nos bancos da Suíça.

O festival de espertezas começou ao redor de 1998, com a corrida de bilhões de dólares que migraram de conta com um simples clique em tecla de computador. Na rede, a realidade parecia simples ficção. A partir daquele ano, segundo se calcula, moveu-se o valor de fundos de pensão e de investimentos equivalente a 12 vezes o produto interno bruto global. Haviam tantas opções e possibilidades para se “produzir” contas positivas no ciberespaço – sem esforço corporal, sem responsabilidades – até que, em 2008, o xeique Mohammed Bin Khalifa Al-Thani, do Catar, desse cheque-mate num banco da Islândia. Ele ofereceu um serviço ao Banco Kaupthing para salvá-lo da crise. Comprou 5% das ações desse banco sem aportar nem um único centavo. O Kaupthing quase não tinha fundos, mas emprestou ao xeique a soma necessária para a compra das ações. A transação toda não passava de uma camuflagem e de uma falsificação da contabilidade, mas a operação dava ao mercado da bolsa a ilusão de que o Kaupthing estava sadio. Mas isso não era verdade. Com um simples clique o xeique retirou o valor correspondente aos 5% das ações. Resultado: o Kaupthing quebrou, arrastando consigo todo o mercado financeiro.

Em toda a Europa, aumentaram as divergências quanto aos conceitos filosóficos essenciais a respeito de como governar. O que aconteceu na Islândia não era apenas um jogo de números pouco comum. As novas técnicas, com suas possibilidades não visíveis, está transformando o meio ambiente humano. Novos paradigmas anunciam a sua presença. Na rede, cérebros brilhantes se conectam a cérebros enganadores. Sem qualquer controle, sem uma política analítica. O usuário da rede não está obrigado a seguir regras de veracidade e honestidade, nem a restringir propósitos associais ou contraditórios.

A rede é recebida de braços abertos tanto pelas populações isoladas como pelas grandes massas urbanas. Em vez de se deslocar durante algumas horas por uma estrada real para comparecer a um encontro, as pessoas agora se conectam em poucos segundos através das avenidas virtuais.

Poucos pensam no fato de que o que entra em circuito na rede, nela permanece de modo praticamente indelével. Numa fração de tempo isso pode arruinar a vida de fulano ou melhorar a vida de cicrano.

As consequências dessa evolução da atual cultura dos cliques estavam previstas desde o final do século passado. Mas não existe caminho de volta. Essa realidade está se manifestando como uma sensação de impotência coletiva. O comércio, a produção, o ensino, as guerras, a espionagem, a administração estatal, tudo está na rede universal, com nossos números de identidade, com nossos dados completos e também os dos nossos antepassados. Há apenas uma geração, milhões de trabalhadores europeus passavam a vida inteira ganhando um salário. Hoje, ele pode ser recebido com um clique pré-programado. Dentro em breve, o próprio cliente será caixa no supermercado onde faz suas compras.

Para os europeus do sul, essa mudança brusca está sendo percebida como um mal ainda pior do que a introdução do tear automático nas fábricas de têxteis no século 19. Na ocasião, milhares de trabalhadores tiveram que aceitar o desemprego. Eles se lançaram às ruas em protesto, até perceber que poderiam reciclar a si próprios aprendendo a manejar as novas máquinas de tecelagem automática. A outra opção era emigrar.

Embora o globo viva agora a fase mais próspera e promissora da Era Internet, o conceito político mundial de bem-estar não é unívoco. Novas teorias socioeconômicas advertem que a dose contínua de desinformação e de excesso de informação dispara conflitos sociais, depressões econômicas e divergências políticas, causando crescente insegurança e turbulência social.

Por enquanto o usuário comum não dispõe de instrumentos próprios para analisar a veracidade de todas as informações oferecidas pela rede. Com um clique de telefone celular é possível mobilizar-se 500 mil jovens para que compareçam dentro de meia hora a uma gigantesca festa rave em Sevilha, bem como para cometer violências que tirarão a vida de milhares de inocentes no Senegal.

Em 1997, o sociólogo espanhol Manuel Castells, então catedrático da Universidade de Berkeley da Califórnia Norte, nos Estados Unidos, publicou o primeiro tomo da sua trilogia “A Era da Informação: economia, sociedade e cultura”. Castells insistia na necessidade de se redesenhar o conceito político de governança, as finanças, o mercado de trabalho e, sobretudo, a educação. Propunha uma educação não tão técnica, mas sim geral, centrada no estímulo da capacidade de analisar combinações simbólicas. A sociedade europeia está a caminho de desatar seus laços tradicionais de família, pátria e trabalho fixo. Procura entender o que lhe está ao redor por meio de uma rede de informação através da qual, a cada dia, será mais difícil distinguir o correto do falso numa quantidade enorme de mensagens diferentes.

A União Europeia, que ainda é uma jovem rebelde, está nas mãos dos próprios europeus. A União os obriga a reformar a burocracia e o mercado financeiro, para que povos vulneráveis não percam a confiança no sistema democrático.

Os líderes do norte da Europa estão de acordo que um Estado de Direito regido pela lei deve erradicar a corrupção e aumentar o controle do sistema de finanças, enquanto boa parte dos líderes do sul ainda reluta em abandonar o sistema de propinas, pois ele faz parte da sua cultura. Nem todos estão de acordo em que a única maneira de sobreviver em condições pacíficas é se vacinar contra a prepotência e a avacalhação.

Existem profundas divergências quanto a políticas domésticas entre os 27 membros da União. No momento, os húngaros não estão de acordo em que o bom êxito da evolução pacífica de um povo depende de uma economia estável e de instituições democráticas. Eles estão no caminho oposto. O mesmo acontece na Holanda. A Finlândia prefere uma maior homogeneidade da sua população, argumentando que isso torna a nação mais resistente. A Suécia prefere a diversidade de mercado e de cultura. A França argumenta que as sociedades demasiado abertas são mais vulneráveis. Mas ainda não é o momento de se atirar a toalha.

O remédio? Existe um movimento crescente no sentido de se constituir uma federação de Estados análoga à federação norte-americana. Será esta a solução para resolver as diferenças entre as nações europeias atuais? Quem, afinal, jogará a última cartada: os Estados Unidos da Europa?

(BRASIL 247)

facebook

Stéfano Diniz Rocha

Stéfano Diniz Rocha compartilhou a foto de Portal Administradores.

Fotos do mural


Você está recebendo este e-mail porque listou Stéfano Diniz Rocha como um amigo próximo. Alterar notificações de melhores amigos.

Visualizar publicação

Essa mensagem foi enviada para marlucepvn@uol.com.br. Caso não queira mais receber e-mails do Facebook, clique em: cancelar inscrição
Facebook, Inc. Attention: Department 415 P.O Box 10005 Palo Alto CA 94303

 

MEIA-ENTRADA: PROCON NOTIFICA PRODUTORA DO SHOW DE MADONNA EM PORTO ALEGRE

abril 20, 2012

O Procon Porto Alegre notificou nesta quinta-feira (19) a empresa responsável pela venda dos ingressos para o show da Madonna na capital gaúcha. A ação foi realizada em conjunto com a instituição de São Paulo, que já havia feito um pedido de esclarecimento dos procedimentos adotados durante a pré-venda do espetáculo. A empresa, por sua vez, prometeu cumprir as normas e leis adequadas.

A medida foi adotada porque a Time For Fun (T4F) não estava comercializando a meia-entrada nem informando aos consumidores a quantidade de ingressos restantes após a pré-venda, além de não aceitar dinheiro como forma de pagamento. Outra infração detectada pelo Procon Porto Alegre foi a cobrança de taxa de conveniência em percentual. A notificação também prevê a informação de quais artistas farão a abertura do show no Estádio Olímpico, marcado para o dia 9 de dezembro.

“Em 10 anos, a empresa foi multada em mais de R$ 4 milhões e ainda assim não alterou sua conduta irregular”, diz a nota do Procon de Porto Alegre.

No site oficial, a produtora afirmou que a pré-venda especial exclusiva é restrita apenas aos membros previamente registrados no fã-clube oficial da artista, e que o grupo entende que por ser uma venda fechada, o pagamento do ingresso é integral. “De qualquer forma, para o melhor atendimento de seu público, a empresa em conjunto com o fã-clube, decidiu que a pré-venda especial irá contar com o desconto da meia-entrada em São Paulo a partir deste momento”, diz trecho do texto. As pessoas que já adquiriram ingressos e têm direito a meia-entrada poderão receber o dinheiro de volta, garante a empresa.

A pré-venda especial para o fã-clube oficial em Porto Alegre e São Paulo terminou às 15h desta quinta-feira (19) e tinha limitação de 4,7 mil ingressos em na capital gaúcha e 7,2 mil na capital paulista. Além das duas cidades, o Rio de Janeiro também receberá a diva do pop em dezembro. Na capital fluminense, a mesma pré-venda ocorrerá entre os dias 25 e 26 de abril, com o benefício da meia-entrada, garantiu a produtora.

(G1 RS)

 

Chuva de Meteoros Lyrid em 21 de Abril

13/04/2012

Prof. Cláudio BS

Todos os anos no final de abril a Terra passa pela cauda do cometa Thatcher (C/1861 G1), e o encontro provoca uma chuva de meteoros, as Lyrids. Este ano, os picos da chuva estão previsos para a na noite de sábado, 21 de abril.

Essa chuva de meteoros (Lyrid) possui uma taxa horária zenital de 18 meteoros por hora e por vezes ultrapassando 90 meteoros a cada hora, ou seja, poderemos ter mais de um meteoro por minuto surgindo no céu. A magnitude prevista para os meteoros dessa chuva é de 2.0, o que possibilita observá-los até em grandes cidades.

Nesse ano a Lua não vai “atrapalhar” a observação desse elegante e belo fenômeno. Nas noites dessa chuva a Lua não estará visível no céu, isto é, não irá ofuscar os meteoros. O melhor momento para essa obsevaçaõ será quando a estrela mais brilhante (Vega) dessa constelação estiver bem alta no céu. Isso irá ocorrer por volta das 04:30 da manhã, ou até antes desse horário. Um fator que poderá prejudicar em partes a observação dessa chuva é sua proximidade com a linha do horizonte para os observadores localizados mais ao Sul do Brasil. Essa chuva será melhor observada para as pessoas localizadas na região Sudeste e Centro-oeste do Brasil sendo que a melhor obsevação será da região norte do Brasil.

Localização da constelação - A estrela Vega possui uma cor azulada e um brilho muito forte.

Obs: Na verdade, Lyrids não tem nada a ver com Vega. A fonte dessa chuva de meteoros é o cometa Thatcher. Vega é simplesmente uma referência visual…

O céu no dia 21 de abril às 04:44h SP/BR NE - N

A estrela Vega irá nascer no horizonte nordeste e caminhará de forma aparente para o norte.

Para visualizar a chuva, o observador terá que esperar pelo menos uma hora depois do nascer dessa estrela.

A figura abaixo ilustra a região que irá ocorrer essa chuva para cidade de São Paulo (04:30h e 06:12h). Esse último horário previsto para o “desaparecimento” da estrela por causa do nascer do Sol.

Para demais regiões do Brasil o que poderá mudar é a altura dos astros em relação a linha do horizonte.

Vega é uma estrela branco-azulada brilhante cerca de três vezes maior do que nosso Sol e está a 25 anos-luz de distância.

Extraído de: http://quartzodeplasma.wordpress.com/2012/04/13/chuva-de-meteoros-l...

 

Julia Kuzmenko McKim e Mattia Cunico adicionaram você ao Google+

Adicione pessoas a seus círculos para segui-las e compartilhar com elas.

Não conhece algumas dessas pessoas? Você não precisa adicioná-las também. Elas visualizam apenas o que você posta publicamente. Saiba mais.

Adicionar aos círculos

Julia Kuzmenko McKim e Mattia Cunico.

Talvez você também conheça estas pessoas. Ver tudo »

Miguela Arana

∞ + ∞ = ∞

Adicionar aos círculos

Jim Cramer

Adicionar aos círculos

Hans Zimmer

Adicionar aos círculos

Altere o tipo de e-mails que o Google+ envia para você. Visite suas notificações para ver os perfis dessas pessoas ou para bloqueá-las.

 

Resultado de Loterias – CAIXA

C A I X A E C Ô N O M I C A F E D E R A L - LOTERIAS

Conforme você pediu, seguem os resultados das Loterias da Caixa.

Boa Sorte!

Caixa Econômica Federal

Q U I N A

--------------------

Concurso : 2877

Data : 19/04/2012

NÚMEROS SORTEADOS: (por ordem de sorteio) 20 - 61 - 58 - 10 - 73

(por ordem crescente) 10 - 20 - 58 - 61 - 73

VALOR ACUMULADO: R$ 2.961.054,79

VALOR ACUMULADO PARA O SORTEIO ESPECIAL DE SÃO JOÃO: R$ 61.843.202,17

ESTIMATIVA DO PRÊMIO (QUINA)*: R$ 3.700.000,00

*PARA O PRÓXIMO CONCURSO, A SER REALIZADO 20/04/2012

SORTEIO REALIZADO EM ESTÚDIO DE TV.

Nº de Ganhadores (Quina) : 0

Rateio do Prêmio (Quina) : R$ 0,00

Nº de Ganhadores (Quadra) : 72

Rateio do Prêmio (Quadra) : R$ 7.310,61

Nº de Ganhadores (Terno) : 5573

Rateio do Prêmio (Terno) : R$ 134,92

Confira os resultados das Loterias pelo seu celular, acesse o site da CAIXA www.caixa.gov.br direto pelo aparelho e selecione o link loterias. (http://www.caixa.gov.br)

Com esse título de renda fixa, você aplica seus recursos com segurança, sem abrir mão de boa rentabilidade. SAIBA MAIS. (http://www.caixa.gov.br/_redirect/push/manchete/r_CDB.asp)

--------------------------------------------------------------------------------

Se desejar corrigir seus dados ou se descadastrar deste serviço acesse o link -

http://www.caixa.gov.br/_redirect/push/r_logon_loteria.asp

 

BACTÉRIAS PODEM FAZER TITANIC DESAPARECER EM 30 ANOS

abril 20, 2012

Em menos de 30 anos pode não haver mais nada do Titanic, advertiu nesta terça-feira a cientista Henrietta Mann, que investiga há quatro anos as bactérias que devoram o casco do transatlântico naufragado em 1912. Uma expedição científica que chegou em 1991 aos destroços do naufrágio, a 3,8 mil m de profundidade no Atlântico Norte, revelou formações de óxido de aparência similar a estalagmites penduradas no enorme navio.

Mann, bióloga e geóloga da Universidade de Dalhousie em Halifax, Canadá, obteve amostras do Instituto Bedford de Oceanografia e após examiná-las com microscópio eletrônico descobriu que não se trata de um processo de oxidação, mas sim da ação de bactérias.

A pesquisadora canadense identificou dezenas de bactérias, entre elas uma jamais vista antes, que chamou deHalomonas titanicae, que estão devorando o casco de aço do navio. “O Titanic é composto por 50 mil toneladas de aço, então há muita comida para minhas bactérias”, que se multiplicaram em bilhões ao longo dos anos.

As bactérias também se alimentam das escotilhas, escadas e portas do navio, todas de ferro, assim como das caldeiras de ferro fundido do Titanic. Apenas o bronze permanece intacto, destacou Mann. “Não sei a velocidade com que isto ocorre”, mas se compararmos as primeiras fotos dos destroços do naufrágio com as últimas, é evidente que isto ocorre com rapidez. “Talvez em 20 ou 30 anos os destroços do naufrágio se transformarão em um monte de óxido”.

As primeiras bactérias provavelmente se criaram a partir de diatomáceas na “neve marinha” ou da sujeira na superfície, até formarem a estrutura atual “como uma esponja”, explicou Mann. Para a cientista, a desintegração do Titanic significará uma enorme perda do patrimônio, mas também é algo positivo, já que prova que plataformas de petróleo e navios naufragados serão finalmente devorados por bactérias no fundo do mar.

(AFP)


QUATORZE DICAS PARA MOTIVAR O SEU SUCESSO PESSOAL!

1- Sucesso resulta em insistir mais uma vez quando tudo sinalizar o fracasso!
2- Bem preparado para a vitória é aquele que bem conhece e bem fortalece seus pontos fracos!
3- Esforce-se para afastar o insucesso. Se conseguir movê-lo ao menos um milímetro seu esforço terá valido a pena!
4- Você quer o pódio? Lute. Mas lute para vencer. Lembre-se, não existe taça para derrotados!
5- Nem sempre o sofisticado se sobrepõe ao simples. Quando feito com alegria, garra e paixão, uma pintura preto-e-branco causa mais impacto que a multicolorida!
6- Para escalar a montanha da vida, onde no ápice está o sucesso, dê o primeiro passo na base, firme e decisivo. Mas, atenção. Leve na mochila boas estratégias, coragem e muita fé em Deus!
7- As coisas que você pensa, as palavras que diz e as atitudes que toma, denotam se você está a um passo ou a um quilômetro do sucesso...
8- Seja responsável pelos seus atos e palavras. Atenção: difícil é erguer um patrimônio num dia, fácil é ir à falência em minutos...
9- Para você experimentar o sucesso erga-se da cadeira, pegue os livros, estude e seja um trabalhador abnegado. Para experimentar o fracasso continue sentado...
10- Se você quer uma pérola, vá ao fundo dos mares; se quer o ouro, vá ao centro da terra. Vá à luta pelo que quer, seja um bandeirante do século XXI!
11- Alguns, indolentes, vivem para a foice e o martelo; outros, esforçados, vivem para a régua e o compasso. E você, se insere em qual deles?
12- O manto do sucesso é tecido com fios dourados, extraídos da jazida do estudo, perseverança e incansável trabalho!
13- Bom construtor é aquele que pega a argamassa dos sonhos e, com mãos laboriosas e dedicação, molda-a e constrói o seu castelo do sucesso!
14- Cuidado: todo sucesso mal administrado torna-se um fracasso bem administrado...

[Inácio Dantas - Do livro Símbolo de marca comercial registrada “Motivado para o sucesso!]”

image0011Tenha uma ótima 5ª feira. Bjs.

image0032

 

Nova técnica de tratamento contra câncer de próstata oferece menos efeitos colaterais

Segundo estudo, maioria dos homens submetidos à novidade manteve ereção após o tratamento

POR MINHA VIDAhare on email

Share on facebooShare on google_plusone

Uma pesquisa publicada na revista Lancet Oncology aponta uma nova técnica de tratamento contra ocâncer de próstata que usa ondas de ultrassom concentradas só nas partes da próstata atingidas por tumores. A vantagem dessa novidade é que causa poucos efeitos colaterais em comparação ao tratamento tradicional.

A análise contou com 42 homens de idade entre 45 e 80 anos, com tumores localizados de grau inicial até agressivo. Todos foram submetidos a ressonâncias magnéticas. Por meio delas, foi possível identificar as regiões do órgão afetadas por tumores. Em seguida, deu-se início ao tratamento com ultrassom de alta frequência, que destrói o tecido doente pelo calor.

Os resultados mostraram que 90% dos homens que tinham ereção antes do tratamento mantiveram a função após os 12 meses de pesquisa, sendo que 14 indivíduos pertencentes a esse grupo precisavam da ajuda de remédios. Além disso, o tratamento não causou incontinência urinária.

Os dados são surpreendentes: 20% dos homens submetidos à radioterapia ou cirurgia de retirada da próstata sofrem disfunção erétil após o tratamento. A técnica padrão ainda causa problemas para conter a urina, que atingem de 30% a 70% dos pacientes.

No Brasil, a versão da máquina de ultrassom com foco de alta intensidade só pode ser encontrada no Hospital A. C. Camargo, em São Paulo. Após a descoberta e testes mais abrangentes, entretanto, deve aumentar a disponibilidade do novo tratamento.

Câncer de próstata: entenda os procedimentos quando a doença é descoberta

Segundo o urologista Ricardo La Roca, membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia, quando é detectado um câncer de próstata, o primeiro esforço é saber se o tumor está localizado, avançado ou metastático. Se está situado internamente, recorre-se à cirurgia, à radioterapia externa ou à braquiterapia, que também é uma forma de radioterapia.

Quando o tumor está avançado ou já existem metástases, o médico pode indicar o uso de hormônio e optar por fazer ou não a cirurgia e a radioterapia, dependendo de uma série de fatores.

A primeira opção de tratamento é a cirurgia, feita através de uma incisão no abdômen, abaixo do umbigo, pela qual a próstata é removida e, com ela, o tumor. O doente permanece no hospital por quatro ou cinco dias. A radioterapia externa é realizada através de múltiplas aplicações, uma por dia, de um feixe concentrado de irradiação que incide sobre a próstata.

É um tratamento prolongado, que se estende por seis ou sete semanas, mas um pouco mais simples do que a cirurgia, já que não envolve internação, nem anestesia. E por fim, o terceiro método é a braquiterapia, que consiste na colocação de agulhas na próstata do doente mantido sob leve anestesia, através das quais são inseridas sementes radioativas dentro da glândula.

A cirurgia é a opção de tratamento mais agressiva, pois é uma intervenção complexa. A radioterapia e a braquiterapia são procedimentos mais simples, embora a próstata permaneça no organismo e possa apresentar uma recidiva do tumor, além de manifestações obstrutivas como a hiperplasia benigna.

No caso do tratamento do câncer de próstata neste estado, a cirurgia pode acarretar impotência sexual por lesão dos feixes neurovasculares que passam ao lado da glândula, bem como incontinência urinária nos três primeiros meses. A opção radioterápica não leva à incontinência urinária, mas em alguns casos, pode causar algum déficit sobre a potência sexual.

No câncer de próstata, só é possível falar em cura, depois de 10 anos sem a doença. Quem sobrevive 5 anos provavelmente está curado, mas é preciso esperar 10 anos para a alta definitiva. Quando o tumor está dentro da próstata, com a cirurgia há cura entre 85% e 90% dos pacientes. Se já saiu da glândula, a eficiência do tratamento cai muito. Com a aplicação de radioterapia e braquiterapia, 70% dos pacientes estão curados, depois de 10 anos. Com o tratamento cirúrgico, a doença pode reaparecer em 10% a 15% dos casos. Quando isto ocorre, o urologista pode lançar mão de medicações antitumorais ou hormonais que controlarão a doença por outro longo período, se ela for diagnosticada a tempo.

 

MOTO MOVIDA ANADA (não deixem de assistir)

- Moto movida a nada....

E as empresas de petróleo, vão matar o inventor?

Moto movida a nada. Isso seria possível?

SIM!!! Já em fase de testes no Japão.

Atenciosamente,
João Araújo de Farias
Leia, reflita e comungue com este pensamento:
"Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido."Charles Chaplin"
Esta mensagem destina-se exclusivamente ao destinatário e pode conter informações confidenciais e de privilégio legal do emissor, não passíveis
de divulgação nos termos da legislação. Caso tenha recebido esta mensagem
por engano, favor notificar o remetente e excluí-la de sua caixa postal
imediatamente.
João Farias
Antes de imprimir, pense no AQUECIMENTO GLOBAL.

 

 

O RiSO É PERIGOSO

Arte de Mark Rothko

Clarice Lispector beliscava sua amiga Lygia Fagundes Telles quando entravam juntas num encontro literário:

– Não ri, vai! Séria, cara de viúva.

– Por quê? – perguntava Lygia.

– Para que valorizem o nosso trabalho.

Não há mesmo imagem de alguma risada da escritora Clarice Lispector. Em livros e revistas, a cena que persiste é seu olhar desafiador, emoldurado por um rosto anguloso, compenetrado e enigmático. Os lábios não se mexem, absolutamente contraídos, envelopes fechados para a posteridade.

Lispector não mostrava suas obturações, sua arcada para ninguém. Não se permitia gargalhadas para não parecer mulher superficial e leviana.

Ela percebeu que existe um imenso preconceito contra a alegria. Os críticos não a levariam a sério, dizendo que ela não era densa, não inspirava profundidade; acabariam por sobrepor a aparência faceira aos questionamentos metafísicos de sua obra.

Seu medo não era bobo. O riso permanece perigoso. Todos temem os contentes. Falam mal dos contentes.

O riso gera inveja, ciúme, intriga: “Por que está feliz, e eu não?”.

A alegria é malvista em casa e no trabalho, sempre intrusa, sempre suspeita equivocada de uma ironia ou de um sentimento de superioridade.

Ainda acreditamos que profissionalismo é feição fechada, casmurra. Ainda deduzimos que competência é baixar a cabeça e não entregar nossas emoções.

Quanto mais triste, mais confiável. Quanto mais calado, mais concentrado. O que é um tremendo engano.

A criatividade chama a brincadeira, assim como a risada renova a disposição.

Se um funcionário ri no ambiente profissional, o chefe deduz que ele está vadiando, sem nada para fazer. Poderá receber reprimenda pública e o dobro de tarefas. Quem diz que ele não está somente satisfeito com os resultados?

Se sua companhia ri durante a transa, você conclui que está debochando do seu desempenho. Quem diz que não é o contrário, que ela não festeja o próprio prazer?

Se a criança ri no meio da aula, o professor compreende como provocação e pede para que cale a boca. Quem diz que ela não está comemorando algum aprendizado tardio?

Se o filho ri quando os pais descrevem dificuldades profissionais, a atitude é reduzida a um grave desrespeito. Quem diz que ele não achou graça do tom repetitivo das histórias?

Se a esposa ou marido ri e suspira à toa, já tememos infidelidade.

O riso é escravo dos costumes, sinônimo de futilidade e distração quando deveria ser visto como sinal de maturidade e envolvimento afetivo.

Não reagimos bem à felicidade do outro simplesmente porque ela ameaça nossa tristeza.

AUTORIA: FRABRÍCIO CARPINEJAR

 

Giulia Corbascio e Алевтина Копеева adicionaram você ao Google+

Adicione pessoas a seus círculos para segui-las e compartilhar com elas.

Não conhece algumas dessas pessoas? Você não precisa adicioná-las também. Elas visualizam apenas o que você posta publicamente. Saiba mais.

Adicionar aos círculos

Giulia Corbascio e Алевтина Копеева.

Talvez você também conheça estas pessoas. Ver tudo »

Ernst Toerien

Self employed (serving God by serving children)

Adicionar aos círculos

Алена Алена

63 pessoas em comum

Adicionar aos círculos

Zbigniew Chodorowski

96 pessoas em comum

Adicionar aos círculos

Altere o tipo de e-mails que o Google+ envia para você. Visite suas notificações para ver os perfis dessas pessoas ou para bloqueá-las.

 

REVOLTADOS, INTERNAUTAS FAZEM TUITAÇO CONTRA A VEJA

abril 19, 2012

247 – As revelações da Polícia Federal de que o redator chefe da Veja, Policarpo Júnior, mantinha relação próxima com o contraventor Carlos Cachoeira, preso na operação Monte Carlo, revoltaram os internautas. Eles organizaram um movimento virtual para que a hashtag #Vejabandida ficasse listada em meio aos assuntos mais comentados na rede social. Antes mesmo do horário combinado, às 20h desta quarta-feira, o termo já estava em quinto lugar nos Trending Topics. Pouco depois das 20h30, chegou ao primeiro lugar na lista nacional e foi parar nos TT´s mundiais.

“#Vejabandida desmascarada pelas águas do Cachoeira. Perdeu sua fonte e terá q explicar sua ligação com o crime”, escreveu a usuária DeniseCaputoBastos ‏ (@DeniseCaputo). O tuiteiro Emerson Luis (@emerluis) publicou: “Jornalista da #VejaBandida mandava matéria pro Cachoeira revisar. É o panfleto do crime”. Até mesmo o ator da Globo e assíduo da rede social José de Abreu (@Jose_De_Abreu) publicou uma série de tuítes para contribuir com o movimento: “#VejaBandida a serviço do crime organizado #CPIdoCachoeira” e “200 ligações para bandido, nao é fonte, é sócio. #vejabandida” foram alguns deles.

Na última revelação sobre a estreita relação da revista com o bicheiro, em reportagem da Folha de S.Paulo desta quarta-feira 18, a construtora Delta tenta plantar denúncias contra o Dnit – órgão do Ministério dos Transportes responsável por obras viárias – na publicação da Abril por não estar sendo atendida pelo órgão. “Em conversas no primeiro semestre de 2011, Cachoeira disse a Claudio Abreu, diretor da Delta no Centro-Oeste, que estava fornecendo informações sobre irregularidades no Dnit para a revista Veja durante a apuração de uma reportagem”, aponta trecho de um relatório da PF, publicado pela Folha.

Até agora, a Veja não se explicou sobre as cerca de 200 ligações, conforme revelou a PF, entre Policarpo Júnior e Cachoeira. A proximidade dos dois era tanta que o redator tinha até apelido – era chamado de “caneta” pelo bicheiro. Pela estranha parceria com o contraventor e por publicar uma série de matérias investigativas plantadas por uma equipe de arapongas ligada a Cachoeira, usadas para defender interesses políticos e econômicos do bicheiro, o magnata brasileiro deve ser convocado pela CPI, que tem previsão de ser instalada nesta quinta-feira no Congresso Nacional.

(BRASIL 247)

 

Luciana Manarolla e Erika Oroszi adicionaram você ao Google+

Adicione pessoas a seus círculos para segui-las e compartilhar com elas.

Não conhece algumas dessas pessoas? Você não precisa adicioná-las também. Elas visualizam apenas o que você posta publicamente. Saiba mais.

Adicionar aos círculos

Luciana Manarolla e Erika Oroszi.

Talvez você também conheça estas pessoas. Ver tudo »

ADE GONZALEZ

140 pessoas em comum

Adicionar aos círculos

Douglas e Talita

123 pessoas em comum

Adicionar aos círculos

Senhorita Pimenta

102 pessoas em comum

Adicionar aos círculos

Altere o tipo de e-mails que o Google+ envia para você. Visite suas notificações para ver os perfis dessas pessoas ou para bloqueá-las.

 

FELICIDADE E OTIMISMO REDUZEM RISCO DE DOENÇAS CARDÍACAS, DIZ ESTUDO

abril 19, 2012

Pessoas felizes e otimistas enfrentam menos risco de sofrer doenças cardíacas e derrames, segundo uma pesquisa da Harvard School of Public Health. A pesquisa foi produzida a partir de mais de 200 estudos e divulgada na publicação especializada Psychological Bulletin.

Cientistas acreditam que um senso de bem-estar pode reduzir fatores de risco que induzem a doenças cardíacas, como alta pressão sanguínea e colesterol elevado.

Fatores como estresse e depressão já tinham sido relacionados a doenças cardíacas. Os pesquisadores do Harvard School of Public Health analisaram estudos médicos variados que traziam registros sobre bem estar psicológico e boa saúde cardiovascular.

O cruzamento de dados revelou que fatores como otimismo, satisfação com a vida e felicidade pareceram estar associados a uma redução no risco de doenças cardíacas e circulatórias, independentemente da idade e status sócio-econômico de uma pessoa, de seu peso e se ela é ou não fumante.

O risco de doença, mostrou o estudo, é 50% menor entre pessoas otimistas, mas a pesquisadora-sênior do Harvard School of Public Health, Julia Boehm, afirma que a pesquisa apenas sugere uma ligação e não representa uma prova de que fatores ligados ao bem estar possam atuar para prevenir doenças cardíacas.

Hábitos saudáveis
Não apenas é difícil medir de forma objetiva o bem estar, como outros fatores que ameaçam a saúde, como colesterol e diabetes, pesam mais quando se trata de reduzir o risco de doenças.

Os participantes da pesquisa que se mostraram mais otimistas também seguiam hábitos mais saudáveis, como se exercitar mais e seguir uma dieta balanceada, fatores que podem exercer influência na prevenção de doenças.

A maior parte de estudos anteriores sobre humor e doenças cardíacas se centrou em fatores como estresse e ansiedade, mas não em felicidade e otimismo. Maureen Talbot, enfermeira cardíaca sênior do principal instituto britânico especializado em doenças do coração, a British Heart Foundation, disse: “A associação entre doenças cardíacas e saúde mental é muito complexa e ainda não totalmente compreendida”.

Talbot disse que: “Embora este estudo não tenha olhado para os efeitos do estresse, ele confirma o que já sabíamos, que o bem-estar psicológico compõe uma parte importante de se ter um estilo de vida saudável, assim como permanecer ativo e manter uma alimentação saudável”.

- Ele também destaca a necessidade de que profissionais de saúde ofereçam uma abordagem completa do cuidado médico ao paciente, levando em conta seu estado de saúde mental e o monitoramento dos efeitos desse estado mental sobre a saúde física da pessoa- acrescentou - Ainda que este estudo não tenha analisado os efeitos do estresse, ele confirma o que sabíamos, que o bem estar psicológico é uma parte importante de se ter um estilo de vida saudável, assim como se manter ativo e comer de forma saudável. Ele também salienta a necessidade de que profissionais da área de saúde forneçam um tratamento holístico em relação à saúde de uma pessoa, levando em conta a saúde mental do paciente e monitorando os seus efeitos sobre sua saúde.

(CORREIO DO BRASIL)

 

Re: Profile Photos

nice..

Ver ou comentar a foto de RUBIA TELLO »

Christ Deska Jahatz comentou na foto de RUBIA TELLO. Desativar atualizações nesta postagem. Escolha que tipo de e-mail o Google+ envia para você.
Você não pode responder a este e-mail. Visualize a postagem para adicionar um comentário.

 

{C_NSFW} Temos muito que aprender com os cães

Anexo sem título 000862

bannerfans_6650801(2)1
VENHA CONHECER.

__._,_.___

| através de email | Adicionar um novo tópico

Atividade nos últimos dias:

    Visite seu Grupo

    ----> Este grupo não armazena imagens e anexos. <----
    CONHEÇA TAMBÉM NOSSOS PARCEIROS:
    https://groups.google.com/group/psmatias_diversao
    http://br.groups.yahoo.com/group/descobri/
    http://br.groups.yahoo.com/group/pinkworld_tc/
    Links do Yahoo! Grupos
    <*> Para visitar o site do seu grupo na web, acesse:
    http://br.groups.yahoo.com/group/C_NSFW/
    <*> Para sair deste grupo, envie um e-mail para:
    C_NSFW-unsubscribe@yahoogrupos.com.br
    ou visite
    http://br.groups.yahoo.com/group/C_NSFW/join
    <*> O uso que você faz do Yahoo! Grupos está sujeito aos:
    http://br.yahoo.com/info/utos.html

    Ainda dá tempo de encontrar companhia para passar o Dia dos Namorados!


    SUPEROFERTA COMPUTADORES
    Quer conhecer gente nova e interessante? Só depende de você.

    Yahoo! Grupos

    Trocar para: Só Texto, Resenha DiáriaSair do grupoTermos de uso

     

    ESTUDO AFIRMA QUE CÂNCER DE MAMA É CONJUNTO DE 10 DOENÇAS DIFERENTES

    abril 19, 2012

    O câncer de mama reúne dez subtipos de tumores diferentes entre si, descoberta que representa um grande avanço para os tratamentos personalizados contra a doença, explicou nesta quarta-feira à agência EFE Carlos Caldas, que lidera o grupo de cientistas do trabalho.

    Uma pesquisa envolvendo 20 cientistas das Universidades de Cambridge (Reino Unido) e British Columbia (Canadá) conseguiu identificar dez subtipos de câncer de mama, assim como algumas das diferenças genéticas e moleculares entre os mesmos. O estudo, cujas conclusões publica nesta quarta-feira na revista científica britânica Nature, consistiu em analisar o DNA de 2 mil tumores por meio da tecnologia mais moderna de raios-X, durante cinco anos.

    “O câncer de mama não é só uma doença, mas dez doenças distintas, realmente diferentes entre si a partir do ponto de vista clínico e biológico, já que nelas intervêm diferentes genes. Isto representa uma perspectiva completamente nova de olhar o câncer”, explicou à agência EFE o pesquisador principal do estudo, o médico português Carlos Caldas, da Universidade de Cambridge.

    Os pesquisadores encontraram dezenas de genes envolvidos no câncer de mama desconhecidos até agora, o que poderia servir como novo caminho para o tratamento no futuro. “Conseguimos identificar genes que eram muito abundantes em um tipo de tumor, mas que estavam praticamente ausentes em outros tipos”, acrescentou Caldas.

    A descoberta sobre estes genes e o das classes de tumores nas quais estão envolvidos servirá para elaborar tratamentos personalizados – consistentes em avaliar fatores como a informação genética, os antecedentes familiares e a histórico clínico do paciente – para cada tipo de câncer de mama.

    Só em um dos dez subtipos identificados, os cientistas descobriram uma presença significativa de gene hereditário, denominado Bric1, que predispõe o câncer de mama. Entre os dez subtipos descobertos, um desconhecido até agora chama a atenção dos pesquisadores, já que todos os indícios apontam que o sistema imune seja capaz de reconhecer a presença da doença e tentar combatê-la.

    “Surpreendentemente, neste caso observamos uma atividade interessante dos linfócitos, o que sugere que o sistema imune provavelmente reconhece estes tumores e reage contra eles”, detalhou o pesquisador. “Se pudéssemos investigar por que nestes tumores o sistema imune é ativado, poderíamos tentar encontrar formas para estimular o sistema imunológico para combater outros tipos de câncer de mama”, afirmou Caldas.

    Até agora, as pesquisas do câncer de mama e suas causas estavam em estado inicial, já que para que os resultados sejam significativos é preciso utilizar uma mostra muito ampla de pacientes. As conclusões do estudo de Caldas equivalem a encontrar “um novo mapa contra o câncer de mama tanto no âmbito clínico quanto no laboratorial”.

    Assim, os testes clínicos do futuro deverão levar em conta esta informação e concentrar-se em cada um dos tipos descobertos. Em nível biológico, as pesquisas serão muito mais precisas, porque é “impossível” para uma só equipe abranger toda a tipologia, opinou o médico, cujo laboratório vai se centrar em uma e duas classes de tumores.

    Embora não descarta que exista algum tipo adicional além dos dez identificados, Caldas acredita que estes são os principais e que, a partir de agora, os pesquisadores encontrarão as ramificações de cada um deles.

    (EFE)

     

    UM FUTURO NADA RECONFORTANTE.... Índia testa com sucesso míssil nuclear de longo alcance


    Publicado em 19/04/2012 por 10turbovideos

    Projétil tem raio de ação superior a 5 mil km e pode levar ogivas nucleares

    ****************

    Índia testa com sucesso seu 1º míssil nuclear de longo alcance

    Projétil tem raio de ação superior a 5.000 km, o que inclui a China.

    Só China, Rússia, França, EUA e Reino Unido têm mísseis semelhantes.

    Do G1, com agências internacionais

    A Índia realizou nesta quinta-feira (19) o primeiro lançamento de teste de um novo míssil de longo alcance com capacidade nuclear que pode impactar o território chinês e países não asiáticos, e coloca o país no seleto grupo de países detentores de mísseis balísticos intercontinentais.

    O míssil Agni V, de um alcance de 5.000 km (classe IRBM dos mísseis intermediários de menos de 6.400 km) foi lançado às 08H05 local (00H35 de Brasília) de uma base situada no mar junto ao Estado de Odisha.

    O míssil de 50 toneladas e 17 metros de altura pode alcançar alvos em todo o território chinês, assim como no resto da Ásia e inclusive em certos países da Europa, segundo especialistas.

    Apenas China, Rússia, França, Estados Unidos e Reino Unido possuem mísseis balísticos intercontinentais (ICBM), com um alcance de mais de 5.500 km.

    Míssil pode alcançar alvos a mais de 5 mil km de distância. (Foto: Ministério de Defesa da Índia / AP Photo)


    Míssil pode alcançar alvos a mais de 5 mil km de distância. (Foto: Ministério de Defesa da Índia / AP Photo)


    O primeiro-ministro chinês, Manmohan Singh, felicitou os cientistas pelo lançamento bem-sucedido do míssil, segundo um comunicado transmitido por seu gabinete.

    O ministro da Defesa, A.K. Anthony, mencionou o "impecável sucesso" e classificou o lançamento como "um avanço maiúsculo no programa de mísseis da Índia", de acordo com a versão de seu porta-voz.

    No entanto, o chefe da agência responsável pelo desenvolvimento das tecnologias militares (DRDO), V. K. Saraswat, disse à rede de televisão NCTV que se trata de um "fato histórico que honra nosso país no domínio da tecnologia de mísseis".

    "Somos atualmente uma potência dotada de mísseis sem igual na maior parte dos países do mundo", acrescentou.

    A DRDO, que fabricou o míssil, pretendia realizar o disparo na quarta-feira à noite, mas a operação precisou ser adiada devido ao mau tempo.

    A terceira maior economia asiática iniciou nos últimos anos um enorme programa de aquisições militares para modernizar seu exército, e busca fortalecer seus meios de defesa, em especial em relação à China. A fronteira entre China e Índia é motivo de discussões desde a década de 1980, e ambos os países se enfrentaram em uma curta guerra em 1962.

    De acordo com Ravi Gupta, porta-voz da DRDO, este míssil tem "um efeito dissuasivo para evitar as guerras e não foi desenvolvido contra nenhum país em particular", assegurando que se trata de um programa "puramente defensivo".

    Agni, que significa "fogo" em sânscrito, é o nome dado a cinco mísseis desenvolvidos pela DRDO a um programa lançado originalmente em 1983.

    Enquanto os mísseis de curto alcance Agni I e II (de até 2.500 km) foram desenvolvidos diante da ameaça hipotética do Paquistão, os modelos Agni III e IV (de até 3.500 km ) já foram percebidos como meios de dissuasão para a China.

    Índia e Paquistão, vizinhos e rivais, se enfrentaram em três guerras desde a partilha e independência em 1947.

    "Agni V pode alcançar alvos no coração da China, liberando potencialmente mísseis de menor potência para uso contra o Paquistão ou boa parte do Oeste e Sul da China", disse Poornima Subramaniam, do Centro de Análises sobre Defesa IHS Jane.

    Shannon Kile, especialista em armas nucleares no Instituto Internacional de Pesquisas sobre a Paz (SIPRI), em Estocolmo, considerou que o Agni VI faz parte de um desenvolvimento importante no âmbito das aspirações da Índia de jogar um papel mais importante no cenário internacional.

    Ao mesmo tempo, o alcance do míssil "dará aos estrategistas indianos do setor de defesa uma maior margem de manobra sobre a opção de localização dos lançadores de mísseis, acrescentou.

    Com o lançamento, a Índia entra em um pequeno grupo de países capazes de atingir alvos a longa distância, composto por Rússia, China, Estados Unidos, França e Reino Unido. (Foto: Ministério de Defesa da índia / AP Photo)


    Com o lançamento, a Índia entra em um pequeno grupo de países capazes de atingir alvos a longa distância, composto por Rússia, China, Estados Unidos, França e Reino Unido. (Foto: Ministério de Defesa da índia / AP Photo)


    Extraído de: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/04/india-testa-com-sucesso-s...

     

    { CTC } FELIZ DIA DO ÍNDIO

    INDIO1

     

    VEJA É “O CRIME ORGANIZADO FAZENDO JORNALISMO”, DIZ PARLAMENTAR

    abril 19, 2012

    O deputado Fernando Ferro (PT-PE) considera que a Revista Veja tenta evitar que se apure a conexão entre seus jornalistas e a quadrilha de Carlinhos Cachoeira. “Na semana passada, tinha afirmado aqui que a revista Veja se associava ao crime organizado para fazer jornalismo. Eu me enganei, acho que a revista Veja já é o próprio crime organizado fazendo jornalismo”, disse o parlamentar na tribuna da Câmara, em Brasília (DF).

    Referindo-se à reportagem publicada no final de semana anterior, o parlamentar petista fez a acusação na terça-feira (17). Para ele, a publicação da editora Abril se vale de seu espaço midiático para tentar abafar a criação da comissão parlamentar mista de inquérito destinada a apurar a conexão entre políticos e o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

    Para a revista do Grupo Abril, a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) é uma estratégia do PT para desviar o foco do julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o “mensalão”.

    “O que ela fez essa semana foi vestir a carapuça e achar como natural e normal utilizar o expediente da informação produzida por bandidos e delinquentes para fazer o seu jornalismo. Então isso não é mais uma associação, mas uma ação de crime organizado.”

    A CPMI tomará como ponto de partida as investigações da Polícia Federal durante a Operação Monte Carlo que contêm gravações que mostram as conexões de Cachoeira com políticos e um jornalista da Veja. As escutas promovidas durante a apuração mostraram que o diretor da sucursal de Brasília da revista, Policarpo Júnior, era pautado pelo grupo do contraventor.

    Fernando Ferro disse que espera ouvir o presidente do Grupo Abril, Roberto Civita, sobre as conexões entre a editora e Cachoeira. Ele considera que a CPMI terá de se debruçar sobre as relações entre grupos privados, representantes do Estado e também os jornalistas envolvidos.

    “Não há outro caminho senão o da imprensa assumir o seu papel de denunciar, mas desvinculada do crime organizado”, frisou.

    Com Rede Brasil Atual

    Álbuns da web do Picasa

    Miguel Angela adicionou você como favorito



    Adicionar aos favoritos

    Fãs das suas fotos
    Cancelar o envio dessas notificações.

     

    Re: Profile Photos

    gracias ;)

    Ver ou comentar a foto de RUBIA TELLO »

    RUBIA TELLO comentou na foto de RUBIA TELLO. Desativar atualizações nesta postagem. Escolha que tipo de e-mail o Google+ envia para você.
    Você não pode responder a este e-mail. Visualize a postagem para adicionar um comentário.

     

    carlos alexandre e Pinkichi Matsumoto adicionaram você ao Google+

    Adicione pessoas a seus círculos para segui-las e compartilhar com elas.

    Não conhece algumas dessas pessoas? Você não precisa adicioná-las também. Elas visualizam apenas o que você posta publicamente. Saiba mais.

    Adicionar aos círculos

    carlos alexandre e Pinkichi Matsumoto.

    Talvez você também conheça estas pessoas. Ver tudo »

    Janet HAL

    Nursing Assistant

    Adicionar aos círculos

    Fátima Gil Ribeiro

    99 pessoas em comum

    Adicionar aos círculos

    Clodomir Jr.

    Poli-UPE

    Adicionar aos círculos

    Altere o tipo de e-mails que o Google+ envia para você. Visite suas notificações para ver os perfis dessas pessoas ou para bloqueá-las.

     

    Divulgação

    Que conhecida você gostaria de ver nua?

    Site brasileiro arrecada dinheiro para vizinhas, professoras e amigas posarem nuas Você teria coragem?

    " A Coragem é uma virtude diária. Você pode ser corajoso(a) tanto saindo da cama de manhã cedo como partindo para enfrentar dragões (ou .....,rsrrsrsrrs).

     

    GREG HAM: INTEGRANTE DO MEN AT WORK É ENCONTRADO MORTO EM CASA

    abril 19, 2012

    Policiais de Melbourne, na Austrália, encontraram o corpo do músico Greg Ham, da banda Men At Work, nesta quinta-feira, 19, em casa. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas o quarteirão foi isolado pelos agentes.

    De acordo com vizinhos do músico, Greg tinha 58 anos e morava sozinho. Dois amigos dele notaram sua ausênica e foram à casa do músico, onde encontraram o corpo, informou o site da BBC.

    Greg Ham entrou para o grupo Men at Work em 1979. Ele tocava flauta, gaita, saxofone e teclados. A banda fez muito sucesso nos anos 1980.

    (O Povo Online)

     



    Obrigado por se mobilizar para impedir que o governo dos EUA aprove uma lei que lhes daria poderes sem precedentes para espionar todos os usuários da Internet.
    Envie o email abaixo para amigos e família, e publique este link no seu mural do Facebook.
    http://www.avaaz.org/po/stop_cispa_corporate_global/?tta
    Obrigado mais uma vez por sua ajuda,
    A equipe da Avaaz
    --------
    Caros amigos,
    Nesse momento, os Estados Unidos se preparam para aprovar uma nova lei que daria poderes aos agentes dos EUA a espionarem quase tudo o que fazemos online. Mas podemos impedí-los antes da votação final.
    Empresas a quem confiamos nossas informações pessoais, como a Microsoft e Facebook, são os defensores principais desse projeto de lei que permite às corporações compartilharem todas as atividades e conteúdo de usuários com as agências do governo dos EUA -- anulando as garantias de privacidade para quase todas as pessoas ao redor do mundo, não importando onde essas pessoas vivem ou navegam online.
    Se nos manifestarmos em número suficiente, poderemos impedir que as corporações que lucram com nossas informações apoiem a ciber-espionagem. Assine a petição para essas corporações da Internet agora:
    http://www.avaaz.org/po/stop_cispa_corporate_global/?tta
    O Ato de Proteção e Compartilhamento de Ciber Inteligência (CISPA, na sigla em inglês) daria permissão às empresas que fazem negócios nos EUA de coletar registros exatos de todas as nossas atividades online e entregá-los para o governo dos EUA sem nem ao menos nos enviar uma notificação de que estamos sendo observados. Nenhuma garantia, nenhuma causa legal ou processo seria solicitado. Para piorar as coisas, o projeto de lei fornece ao governo e corporações uma imunidade para protegê-los de processos por violação de privacidade e outras ações ilegais.
    Os defensores do projeto de lei afirmam que a informação do consumidor será protegida, mas a realidade é que grandes buracos na lei tornariam tudo o que fazemos online passível de observação -- e hoje em dia, nossas informações pessoais estão todas armazenadas na Internet.
    O CISPA está sendo levado adiante no Congresso e será colocado em votação em alguns dias. Vamos criar um protesto massivo para impedir que as corporações dêem aos EUA uma carta branca para monitorar nossos passos. Clique abaixo para se mobilizar:
    http://www.avaaz.org/po/stop_cispa_corporate_global/?tta
    Neste ano, já ajudamos a impedir SOPA, PIPA e ACTA -- terríveis ameaças à Internet. Agora, vamos parar o CISPA e acabar com o ataque do governo dos EUA sobre nossa Internet.
    Com esperança e determinação,
    Dalia, Allison, Emma, Ricken, Rewan, Andrew, Wen-Hua e toda a equipe da Avaaz
    Mais informações:
    "Novo Sopa" recebe apoio do Facebook e rejeição da Casa Branca (Terra)
    http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5725324-EI12884,00-Novo+Sopa+recebe+apoio+do+Facebook+e+rejeicao+da+Casa+Branca.html
    O pai da Web e um dos pais do Google dizem que controlo da Internet é assustador (Público)
    http://www.publico.pt/Tecnologia/tim-bernerslee-e-sergey-brin-alertam-para-os-perigos-do-controlo-da-internet-1542552
    Grupos de defesa das liberdades civis americanas lança protesto online contra CISPA (Centro Knight)
    http://knightcenter.utexas.edu/pt-br/blog/00-9756-grupos-de-defesa-das-liberdades-civis-americanas-lanca-protesto-online-contra-projeto-d
    CISPA: A Internet tem um novo inimigo (em inglês) (Global Post)
    http://www.globalpost.com/dispatches/globalpost-blogs/the-grid/cispa-the-internet-finds-new-enemy-sopa
    Protestos contra o CISPA em meio a mudança de legislação (em inglês) (Los Angeles Times)
    http://www.latimes.com/news/politics/la-pn-cispa-protests-begin-amid-key-changes-to-legislation-20120416,0,5314596.story
    Perguntas e Respostas sobre projeto de lei de Cibersegurança: os preocupantes danos à privacidade no CISPA e como impedí-lo (em inglês) (Electronic Frontier Foundation)
    https://www.eff.org/deeplinks/2012/04/cybersecurity-bill-faq-disturbing-privacy-dangers-cispa-and-how-you-stop-it
    Novo texto do CISPA restringe jargão de cibersegurança ao passo que começam os protestos (em inglês) (Mashable)
    http://news.yahoo.com/cispa-draft-narrows-cybersecurity-language-protests-loom-134202431.html


    A Avaaz é uma rede de campanhas globais de 14 milhões de pessoas
    que se mobiliza para garantir que os valores e visões da sociedade civil global influenciem questões políticas internacionais. ("Avaaz" significa "voz" e "canção" em várias línguas). Membros da Avaaz vivem em todos os países do planeta e a nossa equipe está espalhada em 19 países de 6 continentes, operando em 14 línguas. Saiba mais sobre as nossas campanhas aqui, nos siga no Facebook ou Twitter.
    Esta mensagem foi enviada para jorge.augusto.bandeira@hotmail.com. Para mudar o seu email, língua ou outras informações, entre em contato pelo link http://www.avaaz.org/po/contact/?footer. Não quer mais receber nossos alertas? Para decadastrar envie um email para unsubscribe@avaaz.org ou clique aqui.Para entrar em contato com a Avaaz, não responda este email, escreva para nós no link www.avaaz.org/po/contact.

     

    Mistério: estrondos sem causa aparente assustam o mundo…JB 10.

    Pessoas do mundo todo relatam barulhos assustadores e inexplicáveis, que soam como trovões. Porém, a causa desse fenômeno pode estar no interior da Terra.

    Por Felipe Arruda em 18 de Abril de 2012

    Há relatos de estrondos misteriosos mesmo em lugares remotos da Carolina do Norte (Fonte da imagem: ThinkStock)


    De repente, um grande estrondo quebra a calma do dia. A princípio, parece um trovão, mas o céu está limpo e azul como nunca. Essa é uma cena razoavelmente comum na Carolina do Norte, Estados Unidos, e poderia ser apenas um fato cotidiano e sem importância, não fosse a presença de muitos relatos semelhantes, provenientes de partes diferentes do mundo.

    De acordo com o artigo “What’s that sound?”, publicado na revista New Scientist de 18 de fevereiro de 2012, há séculos esse tipo de fenômeno vem sendo testemunhado pelos seres humanos. Na região do lago Seneca, nos Estados Unidos, o evento misterioso ganhou o nome de Seneca guns; na cordilheiro dos Apeninos, na Itália, os barulhos são conhecidos como brontidi; e, no Japão, eles ganharam o apelido de yan. Já a Bélgica optou por uma expressão curiosa: mistpouffers, que em bom português quer dizer “arrotos do nevoeiro”.

    Boa parte dos barulhos naturais que ouvimos possui uma explicação plausível, como tempestades ou o quebrar de ondas no mar. Porém, essas respostas parecem insuficientes para explicar os estrondos ouvidos na Carolina do Norte e em outros locais. Outra possível explicação seria a ação do ser humano sobre a Terra, mas o fenômeno também ocorre em locais afastados e longe de grandes centros.

    Teorias demais, certezas de menos

    Existem diversas ideias sobre a causa desses barulhos assombrosos. A primeira explicação que vem à mente de muitas pessoas são trovões, ou seja, rápidas expansões de ar causadas pelo aumento de calor e de pressão provocado pelos raios. Porém, a Carolina do Norte possui um clima calmo e as tempestades são raras.

    Além disso, como reportado pela revista, o especialista em acústica da Universidade do Havaí, Milton Garces, afirma que o oceano também pode provocar barulhos muito curiosos por meio do impacto de uma onda com a superfície ou, então, pelo ar comprimido que pode ser expelido de dentro dela. Entretanto, esse tipo de evento também é percebido em locais afastados da costa.

    Até mesmo meteoros já foram apontados como culpados (Fonte da imagem: Shutterstock)

    Há também quem acredite que esses estrondos sejam causados por meteoros que sobrevivem à entrada na atmosfera terrestre. Como estão caindo à uma velocidade muito alta, é provável que produzam uma explosão sônica e que o rastro deixado por eles já tenha desaparecido quando o barulho chega aos ouvidos dos cidadãos locais. Mas, em entrevista para a New Scientist, o geofísico Michael Hedlin afirma que um evento como esse seria raro e, portanto, não condiz com as explosões ouvidas no período de alguns meses ou anos.

    Outra possibilidade está na liberação e explosão de grandes quantidades de metano do fundo do mar. Porém, é muito pouco provável que esse gás seja liberado com a velocidade e quantidade ideal para que isso acontecesse. Alguns também culpam a presença de bases militares na região, mas a verdade é que os barulhos também são ouvidos a uma distância muito longe delas.

    Eliminando todos esses suspeitos, ainda sobra um possível culpado por trás desse mistério: terremotos não detectados.

    Quando a Terra resolve “falar”

    Terremotos podem ser a causa dos barulhos inexplicáveis (Fonte da imagem: Shutterstock)


    De acordo com a New Scientist, a região da Carolina do Norte possui uma rede muito deficiente de sismógrafos e, por isso, vários terremotos pequenos podem passar despercebidos. David Hill, cientista emérito da Unites States Geological Survey (USGS), acredita que não são necessários grandes sismos para que um ruído enorme seja ouvido.

    Terremotos menores acontecem o tempo todo, mesmo longe das fronteiras de placas tectônicas e, apesar de serem quase indetectáveis pelos sismógrafos, juntos esses sismos poderiam causar um estrondo capaz de ressoar superfície afora. Entretanto, não é fácil confirmar, com exatidão, que essa é a causa dos “trovões” da Carolina do Norte.

    Quem já passou por um terremoto sabe o quão barulhenta pode ser a situação. Afinal, quando a crosta terrestre treme, tudo o que está sobre ela também balança: carros, edifícios, casas, prateleiras, mesas etc. Sendo assim, fica difícil saber qual é o som de um terremoto sem que construções e objetos interfiram nele.

    Uma pessoa que chegou muito perto de saber como soa um sismo é um dos colegas de Hill, Malcom Johnston. Em 2008, enquanto estava a uma profundidade de 3,6 km, em uma mina de ouro sul-africana, Johnston presenciou um terremoto de magnitude 2 que se originou a 20 metros de distância dele. De imediato, ele ouviu um som que se parecia com uma sequencia de trovões, mas que também possuía ruídos de alta frequência sobrepostos.

    Na superfície, a sensação é diferente, pois apenas as ondas de uma frequência muito baixa chegam até nós e, normalmente, elas não são percebidas pelo ouvido humano. Já as ondas audíveis e de comprimentos menores, de 20 hertz a 20 kilohertz, acabam sendo absorvidas e dispersadas pelas pedras atravessadas ao longo do caminho.

    Clima e solo também influenciam

    Hill acredita que o barulho de terremoto pode ser ouvido na superfície sob determinadas condições. Um sismo não muito profundo, por exemplo, pode aumentar as chances de que o ruído chegue até os ouvidos das pessoas. Além disso, a constituição do solo colabora para barrar ou não o estrondo: rochas como o granito, por exemplo, não dispersam tanto as ondas de som.

    Caso o barulho encontre uma fenda, ele chega ainda mais facilmente à superfície, já que pode viajar sem obstáculos. Como se não bastasse, o clima também exerce influência sobre a propagação da onda. Uma camada de ar quente na atmosfera, por exemplo, pode fazer com que o som alcance distâncias ainda mais longas.

    Mesmo assim, há quem duvide dessa possibilidade. Jonathan Lees, geofísico da Universidade da Carolina do Norte, afirma que os instrumentos usados para detectar terremotos são sensíveis demais e acredita que esses barulhos sejam causados por outro tipo de fenômeno natural.

    Seja lá qual for a causa desses misteriosos estrondos, o fato é que, muitas vezes, temos atribuído à atividade humana um fenômeno que pode estar sendo causado pelo próprio planeta. Vamos torcer para que esse barulho todo não seja um grito de socorro da Terra.

    Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/ciencia/22321-misterio-estrondos-sem-cau...

    Samia Elsaid adicionou você ao Google+


    Para seguir e compartilhar com Samia, adicione-a a um círculo.

    Não conhece esta pessoa? Você não precisa adicioná-la também. Ela visualiza apenas o que você posta publicamente. Saiba mais.

    Adicionar aos círculos

    Pessoas que você talvez conheça nos círculos de Samia Elsaid. Ver tudo »

    Mehwish Dawood

    University of Karachi

    Adicionar aos círculos

    Salah Seddik

    Adicionar aos círculos

    Jeremy Cowart

    JeremyCowart.com

    Adicionar aos círculos

    Escolha o tipo de e-mail que o Google+ envia para você. Veja o perfil de Samia ou bloqueie Samia completamente.

     

    TV MUNDI-PROGRAMA ENIGMAS-DOMINGOS YEZZI-ESPÍRITOS E EXTRATERRESTRES….RG 10.

     

    Siben Talukdar adicionou você ao Google+


    Siben já está em seus círculos. Saiba mais.

    Ver perfil

    Escolha que tipo de e-mail o Google+ envia para você.

     






    Veja nossa lista composta pelas mais belas heroínas e vilãs que já apareceram nos games

    Noticias + lidas da semana

    Super Mario

    Criador garantiu que famoso jogo ganhará uma nova versão

    Kinect

    Médicos do Brasil passam a usar aparelho em centro cirúrgico

    Ameaça

    Falso Instagram circula pela web e prejudica usuários do Android

    avast!

    O antivírus gratuito está ainda mais rápido e leve

    Farm Frenzy

    Descubra agora mesmo os prazeres da vida rural!

    SOFTMONEY

    Controle financeiro pessoal de forma fácil e prática

    Imposto

    Baixe o programa e veja como fazer sua declaração

    WINDOWS LINUX ONLINE MAC FONTES JOGOS ONLINE DRIVERS

    © 1998-2012 Superdownloads | Área de usuários | Descadastre-se

     

    PROGRAMA SILVIO SANTOS 1989.... LULA….PC 10.

    0006.gif (41780 bytes)

    PERLA

    PROGRAMA SILVIO SANTOS 1989.... LULA
    É UM GRANDE FDP...

    OU NÃO???

    VAMOS LEMBRAR A MEMÓRIA DUS CUMPANHEIROS QUE ESQUECEM RAPIDAMENTE. OLHA, Esse é " O" CARA...... (que te enganou)

    e TE fez de idiota.

    E NÃO ESQUEÇA... DEIXOU UMA REPRESENTANTE, a altura !!!!!

     

    MINISTRO LEWANDOWSKI RENUNCIA A CARGO NO TSE PARA SE DEDICAR AO CASO DO MENSALÃO

    abril 19, 2012

    O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski comunicou nesta quarta-feira (18) ao presidente da Corte, ministro Cezar Peluso, sua renúncia ao cargo de ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A justificativa, segundo assessores de Lewandowski, seria a decisão de se dedicar integralmente ao caso do mensalão, que poderá ser julgado pelo STF ainda este ano.

    O mandato de Lewandowski no TSE terminaria em 5 de maio do ano que vem. Ele fez sua última participação no tribunal nesta quarta, ao passar a presidência para as mãos da ministra Cármen Lúcia. A vaga de Lewandowski passará a ser ocupada pelo ministro José Antonio Dias Toffoli.

    O presidente nacional do PT, Rui Falcão, presente à cerimônia de posse de Cármen Lúcia como presidente do TSE, disse que trata-se de praxe. “É praxe no TSE, quando saem da presidência, não exercer mais função no TSE. Eu já disse várias vezes e repito, se o julgamento do chamado mensalão se der como espero, pelo que está contido nos autos, não há nenhum temor da nossa parte”, completou.

    Em seu discurso de despedida, Lewandowski disse que saía de forma confortável do cargo com a certeza de que sua sucessora é uma pessoa “digna, lúcida e competente”. “É tempo de dizer adeus ou até breve e enfrentarmos os novos desafios que o futuro nos reserva e expor a nossa gratidão. Saio com a consciência tranquila e sensação de dever cumprido”.

    O STF transformou em réus 37 dos 40 denunciados no caso do mensalão, como ficou conhecido o suposto esquema de pagamento de propina a parlamentares da base aliada em troca de apoio político.

    (UOL)